Hungria Hip Hop – Temporal (Official Music Video)

  • Post category:Songs
  • Post comments:0 Comments



Ouça no seu app favorito: https://orcd.co/temporal
Se inscreva no canal e ative o sino de notificações para não perder nenhum lançamento. Acompanhe a playlist oficial da Best no Spotify! http://spoti.fi/2V9uoeA
Siga @hungria_oficial @best_oficial

Contato para shows: Marcio Rolim
Telefone: +55 (11) 98196 0396
showshungria@gmail.com

Ficha Técnica Áudio:
Compositores: Hungria Hip Hop e Unisom DF no Beat
Teclado: Osny Melo
Produção Musical: Neguim Pacificadores, DuckJay e Unisom DF no Beat
Mix: André Nine
Master: Brendan Duffey

Ficha Técnica Vídeo:
Produção Executiva: Best Produções e MRV
Produtora: CAYAC Produções
Direção: Izaque Cavalcante
Produção: Bruno Yamaguchi
Roteiro: Lutchi Di Vernieri
Direção de Fotografia: Gabriel Fernando
Direção de Arte: Rosana Fernandes
Maquinária, Elétrica e Efeitos Especiais: Wederson (Goiaba)
Maquiagem: Giovanna Lima
Produtora de Locação: Simone Teixeira
Produtora de Elenco: Taty Godoi

Elenco:
Gustavo: Mateus Ferreira
Mãe: Taty Godoi
Irmã: Manoela Pugsley
Irmão: Igor Caetano
Amigo: Bernardo Andrade

Letra:
É impossível tentar esquecer
Aquelas treta e o cheiro da merenda da escola
A cada letra que nós canetou, até os professor, dali achava foda
Uma aparência meio fragilizada, era nós de quebrada, nesses sol das seis
E minha mãe tava desempregada, com a agenda lotada pra criar nós três
Dos olhos caiam uma chuva em pleno verão
Em casa faltava até água e chovia unção

Maior que o temporal é a fé que habita em mim
Um vendaval de sonho e realização
Maior que o temporal é a fé que habita em mim
Só vai sentar na mesa quem rachou o pão

Maior que o temporal é a fé que habita em mim
Um vendaval de sonho e realização
Maior que o temporal é a fé que habita em mim
Só vai sentar na mesa quem rachou o pão

“Eu acho que a dificuldade ninguém escolhe passar, entendeu?
A tempestade que vai passar, ninguém sabe
E aqui foi tanta tempestade que a gente aprendeu a dançar na chuva”

Água de mar só me lembra gosto de choro, é salgada, mas ensina mais que professor
E dinheiro nenhum no mundo paga água derramada pelos olhos onde só a alma já nadou
Eu naveguei na tempestade, nós é lenha de verdade, fogo que Deus acendeu e a chuva não apagou.
Num comecei a sonhar brincando, eu comecei a sonhar chorando com a comida quase que o gás acabou
Pensei se a fé for do tamanho de um grão de mostarda
Troco montanhas de lugares na ponta do dedo
E quando eu descobrir a força de cada detalhe, seria covardia minha não ensinar o segredo

Maior que o temporal é a fé que habita em mim
Um vendaval de sonho e realização
Maior que o temporal é a fé que habita em mim
Só vai sentar na mesa quem rachou o pão

Maior que o temporal é a fé que habita em mim
Um vendaval de sonho e realização
Maior que o temporal é a fé que habita em mim
Só vai sentar na mesa quem rachou o pão

Quem acreditou, que abraçou a causa e foi sujeito homem
Não abandonou, hoje bebe o que nós bebe e come o que nos come
E quem me guardou na memória, comemora, que eu sinto que é nossa hora
Em qualquer noite aleatória, onde a saveiro fez história
Só contando as precatória, mandando as dedicatória e o frasco do perfume com o cheiro da vitória

A divisão vai ser igual, não posso fazer feio,
Se eu tenho um acredita, então nós dois tem meio
Qual é a graça do sorriso egoísta que não deu casa pra mãe,
mas só desce champagne na pista aiai

Dos olhos caiam uma chuva em pleno verão
Em casa faltava até água chovia unção

Maior que o temporal é a fé que habita em mim
Um vendaval de sonho e realização
Maior que o temporal é a fé que habita em mim
Só vai sentar na mesa quem rachou o pão

Maior que o temporal é a fé que habita em mim
Um vendaval de sonho e realização
Maior que o temporal é a fé que habita em mim
Só vai sentar na mesa quem rachou o pão
#Hungria #Hip #Hop #Temporal #Official #Music #Video
Hungria Hip Hop

Leave a Reply